quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

HINO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO




                                        Oh Nossa  Senhora                                        
Do coração santo
Cubra  vossos filhos
Com seu puro manto

Salve nossa padroeira
Soberana  protetora
Da nossa comunidade
É a mãe intercessora (REFRÃO)
       
Seu olhar de mãe
Transmitindo luz
Faz crescer a fé
Em Cristo Jesus

Seu filho no colo
É  prova de amor
Pela humanidade
Com pecado e dor

Toda graça recebida
Por Jesus é liberada
Depois da intercessão
De Maria Imaculada

Mãe do Perpétuo Socorro
Dai- nos sua proteção
Nos  livre do egoísmo
Orgulho e tentação


Escreveu: Helena Bezerra
Em 31-01- 2014

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

PENSAVA SER DIFERENTE


Em uma cidade grande
Saí para passear
Numa manhã de domingo
Um parente visitar
Um transporte alternativo
Fui num local esperar

Sem querer observei
Do local o movimento
A rua era muito estreita
Um falso  estacionamento
Formaram uma  grande fila
Povoando o calçamento

Um  comércio em crescimento
Observei na esquina
Uns  comprando outros vendo
Outros  fazendo  faxina
É  mão de obra pesada
No  posto de gasolina

Coisa  que  não se imagina
Uma  idosa  agitada
Dirigindo o seu veículo
Deu  uma brusca freada
Tossindo pra se acabar
Com  o catarro engasgada

Sem higiene a danada
Na sua blusa assuou
O seu nariz carregado
Pediu um bolo e pagou
Saiu comendo um pedaço
Deu sinal e viajou

Neste momento chegou
O alternativo esperado
Quando entrei  fui caindo
O motorista safado
Não esperava ninguém
Ficar no local sentado

Os passageiros agarrados
Pra  evitar de cair
Uns escorados nos outros
Correndo  risco de ir
No piso do carro velho
Para o roteiro cumprir

Quem precisava sair
Levantava da cadeira
Todas rasgadas fedendo
Cheias de terra e poeira
Os ferros  enferrujados
Era grande a quebradeira

Todos sentiam canseira
Num carro desconfortado
Por ser do interior
O  que pensei foi errado
Que na capital havia
Um trânsito fiscalizado











quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

USE COM MODERAÇÃO


O avanço tecnológico
Tem poder de viciar
A mente do ser humano
Que se liga em celular

Usam senha pra entrar
Pelas redes sociais
Conversam digitam e postam
Com as suas digitais

Os aplicativos fazem
Fontes de informações
Através de bate-papos
Com boas ou más intensões

Entre as comunicações
Esta é muito eficiente
Numa questão de segundos
Comunica muita gente

Mas quem já é dependente
Não consegue mais parar
Os movimentos dos dedos
Mexendo num celular

Formam grupos no WHATS APP
Uns conhecidos outros não
Descobrem até os segredos
Muitos entra em confusão

O face tem a função
De aumentar amizades
Bater  papos postar fotos
E desperta curiosidade

Formar grupos de amizades
Adicionar amigos
Excluir se não gostar
Pra evitar os perigos

Alguns ficam de castigos
Com a mente poluída
Se alienam nas redes
Sem encontrarem saída

Se forem numa avenida
Com os fones nos ouvidos
Não se ligam com o trânsito
Viajam despercebidos

Desconhecem conhecidos
Parente amigo e irmão
Dispensam de conversar
Ninguém lhes chama atenção

Outras partes de atração
Sempre sempre cultivada
Netiflix e o Twitter
São redes modernizadas

Pessoa conectadas
Neste mundo virtual
São afogados nas ondas
Duma camada viral

Alienação faz mal
Contagiando a mente
Não vê a realidade
Vive um mundo diferente

Aconselho seriamente
A todos que vão usar
Esta máquina chamativa
Não se deixe viciar
Seja usuário ciente
E não viva frente a frente
A tela dum celular